PR tunda Zé Maria e cria uma gangue para gerir Luanda

JES até aos seus Kapangas nega o bolo para ir dividi-lo com estrangeiros! Afinal que Pai da Nação é este que bate no filho que lhe segue o exemplo, só porque quer dividir o melhor naco com o filho de outrem? Alguem ja viu um pai a arrancar o pão da boca de seus proprios filhos para ir dar ao filho de um estrangeiro que acabou de chegar ao Pais? Ou pior: um pai que bate e castiga o filho por ter se servido de uma fatia de pão porque esse pão o papai tinha guardado para dar ao seu homologo estrangeiro enquanto seus proprios filhos morrem a mingua!

Comentario tirado no Club K, com relação as razões da exonerção de José Maria

 

Filed Under: POLÍTICA

Comments (4)

Dibengo

August 9th, 2011 at 2:33 pm    


A vamos só já olhar e deixar ele fazer tudo o que quizer, apoderou-se de Angola, ele que estrague o país como bem entender!!

RIBEIRO

August 10th, 2011 at 1:45 pm    


o PR NÃO CRIOU GANGUE MAIS SIM COMISSºAO DE GSTÃO OK.

RIBEIRO

August 10th, 2011 at 1:50 pm    


NÃO É ASSIM QUE SE TRATA O CHEFE DO ESTADO.QUE DEU SO TUDO PARA DEFESA DA SOBERANIA NACIONAL, SO OSMAU CRIADO PODEM PORTAREM-SE ASSIM,VOCE É TODO ATOA.ATE O SEU PAI TRATAS ASSIM?GAMHAM JUISO

RIBEIRO

August 10th, 2011 at 2:02 pm    


MPLA
Líderes dos movimentos de libertação da África Austral reúnem-se em Windhoek
Luanda – Uma delegação do MPLA, partido no poder, chefiada pelo seu secretário-geral, Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”, deslocou-se hoje, terça-feira, para República da Namíbia, onde vai participar de 10 a 12 do corrente, na reunião dos líderes dos movimentos de libertação nacional da África Austral.
Em declarações à Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o político explicou que o encontro visa o cumprimento de um programa que esse grupo de partidos estabeleceu, com encontros regulares de seis em seis meses, no qual participam os líderes dos outros partidos da região, tal como a Frelimo, de Moçambique, Swapo, da Namíbia, ZANU-PF, do Zimbabwe, o ANC, África do Sul, o CCM, Tanzânia.
De acordo com o secretário-geral do MPLA, “ o encontro servirá para fortificar as boas relações que sempre uniram os referidos partidos, no sentido criarem a frente que tínhamos antigamente”, daí os líderes políticos em referência reunirem regularmente.
Julião Mateus Paulo deu a conhecer que, desta vez, o encontro vai também contar com a participação de representantes da JMPLA, OMA e dos antigos combatentes, que já se encontram no local.
“Vamos trocar experiências entre a juventude dos nossos partidos, as organizações femininas, antigos combatentes e partidos políticos “, disse.
No encontro, avançou, cada um dos partidos vai prestar informações sobre o que tem feito, sobre os países, na perspectiva do desenvolvimento, e dos problemas internos que enfrentam.
A última reunião desta cúpula realizou-se em Dezembro de 2010, em Luanda.

Deixa o seu comentário